quarta-feira, 4 de abril de 2018

+2 Bilhões de desempregados até 2030 devido ao impacto tecnológico

Apesar destas previsões circularem amplamente nos eventos e nas instituições globalistas, elas não são divulgadas pelos meios de comunicação social oficiais: hoje existem +200 milhões de desempregados em todo o mundo. As previsões apontam para +2 bilhões de desempregados até 2030 devido ao impacto tecnológico. Ou seja, estamos falando de 10 vezes mais desempregados até 2030 devido aos impactos tecnológicos.

No entanto, as Nações Unidas, através do 8º Objetivo da Agenda 2030, mesmo tendo conhecimento de tais previsões oficiais, promete "emprego pleno e produtivo e trabalho decente para todos e todas" [▶]





CENÁRIO PRESENTE

+200 milhões de desempregados numa população mundial de +7 bilhões e 600 milhões de seres humanos (segundo dados da ONU), correspondendo a uma taxa de desemprego global = 2,63%

População mundial atingiu 7,6 bilhões de habitantes em 2017 [▶]
21 Junho 2017

O desemprego mundial atingiu +201 milhões em 2017 [▶]
21 Janeiro 2017

CENÁRIO EM 2030

+2 bilhões de desempregados para uma população mundial de +8,5 bilhões de pessoas, correspondendo a uma taxa de desemprego global = 23,5% 

De 2,63% para 23,5% em 10 anos?


População mundial atingirá +8,5 bilhões de habitantes em 2030 [▶]
30 Julho 2015



Oficialmente, não encontrei o valor de +2 bilhões de desempregados registrado nos meios de comunicação social considerados oficiais pelo sistema de controle. No entanto, as seguintes notícias dizem a mesma coisa por outras palavras:


Automação generalizada apontou para estimular 80% da taxa de desemprego em Hong Kong, outras grandes cidades até 2030 [▶]

Grandes cidades como Hong Kong, Londres e Nova York deverão enfrentar taxas de desemprego de mais de 80% até 2030, quando a adoção generalizada de inteligência artificial (IA) e robótica acelera a automação em praticamente todos os setores 

Cuidado com a América, os robôs estão vindo para o seu trabalho: relatório revela que 38% dos empregos nos EUA serão automatizados até 2030 [▶]
:: 4 em 10 empregos nos EUA correm alto risco de serem substituídos por robôs
:: Relatório sugere que 38% dos empregos nos EUA serão automatizados no início da década de 2030
:: Também descobriu que as posições de serviços financeiros estão em alto risco - 61% serão substituídos
:: No entanto, alguns funcionários "não estão preocupados" e vê-lo acontecendo em 50-100 anos

Robôs ocuparão um terço dos empregos britânicos até 2030 [▶]
Um terço dos empregos britânicos existentes correm o risco de serem controlados pela robótica e pela inteligência artificial (IA) dentro de 15 anos, revela um relatório. Até 30% das funções existentes no Reino Unido poderiam ser automatizadas até 2030, com as indústrias de maior risco sendo gerenciadas, transportadas e manejadas, de acordo com uma análise da PwC. No entanto, o relatório ressaltou que a automação não resultará no aumento do desemprego.

Robôs CFR e o futuro dos empregos: o impacto econômico da inteligência artificial
No Conselho das Relações Externas dos Estados Unidos


Sessão no Cimeira do Governo Mundial 2017: Uma conversa com Elon Musk


Primeiro 'Robocop' de Dubai começa patrulhando ruas [▶]

Chegar a um escritório perto de você: o efeito da tecnologia de hoje nos trabalhos de amanhã será imenso e nenhum país estará pronto para isso [▶]


Perante tal cenário, começam a pensar o que fazer com tantas pessoas desocupadas. 


Davos 2016 F.E.M. - um mundo sem trabalho?
Forum Economico Mundial 2016


Davos 2017 - uma renda básica para todos: sonho ou desilusão?
Forum Economico Mundial 2017


A renda universal básica da Finlândia é uma solução para automação, menos empregos e salários mais baixos? [▶]

Renda básica universal é "inútil", diz a maior união da Finlândia [▶]

A Finlândia acaba de lançar uma experiência radical em dar às pessoas dinheiro grátis - aqui está como 5 moradores estão usando seu dinheiro extra [▶]

Termino com as seguintes perguntas:

Se tão supostamente conceituadas organizações e eventos internacionais estão prevendo um futuro com uma porcentagem tão elevada de desemprego, porque é que os políticos de todos os países, durante as campanhas eleitorais e até durante o exercício de seus mandatos governamentais, estão dizendo ao público em geral que estão trabalhando para acabar, ou, pelo menos, diminuir, o desemprego?

Porque é que as Nações Unidas prometem trabalho decente para todos e todas se o cenário previsto é bem diferente?

Como será um mundo completamente controlado por tecnologias biométricas, sem dinheiro físico (mas todo virtual) e com +2 bilhões de desempregados?

Lembrando que +2 bilhões corresponde à população considerada ativa. Se juntarmos idosos, jovens e crianças, qual a quantidade de pessoas estaremos falando em tal cenário?

2 comentários:

  1. As máquinas vão fazer o trabalho todo - braçal e intelectual. Aos homens caberá desfrutar a vida plenamente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E isso para uma humanidade de quantas pessoas? 9 bilhões? - que é o que se calcula para 2050

      Excluir