segunda-feira, 19 de março de 2018

Cúpula do Governo Mundial, anualmente no Dubai, desde 2013

E você acreditando que o Governo Mundial não existe e que tudo não passa de uma Teoria da Conspiração...

Site oficial da Cúpula do Governo Mundial
https://www.worldgovernmentsummit.org/ 


Documento do Comitê para as Políticas de Desenvolvimento das Nações Unidas
Governança Global e Regras Globais para o Desenvolvimento da Era pós-2015
http://www.un.org/en/development/desa/policy/cdp/cdp_publications/2014cdppolicynote.pdf


Programa Governança Global e Instituições Internacionais
do Conselho das Relações Externas dos Estados Unidos
https://www.cfr.org/programs/international-institutions-and-global-governance-program

No final desta rubrica pode encontrar uma pequena lista de sites de algumas das instituições que compõem a estrutura do Governo Global.


Já pensou que o termo Teoria da Conspiração pode ter sido criado pelos próprios conspiradores como forma de desacreditar aqueles que sabem da verdade e procuram divulgá-la para todos os demais?


"- Eles querem dominar o mundo e colocam isso na internet?" - já me perguntaram, incrédulos. Sim, é isso mesmo: eles JÁ dominam o mundo e estão na internet em diversos sites de diversas instituições globalistas que constituem o grande mecanismo da Nova Ordem Mundial. Ainda não existe um Governo oficialmente formado, mas para lá caminhamos a passos largos.

Imensos líderes mundiais clamam publicamente, de forma aberta, pela instauração de uma Nova Ordem Mundial (intencionalmente, links de meios de comunicação social elitizados):

Lula diz que nova ordem mundial tem de ser “ética”
15 Abril 2009

Na Índia, Dilma defende nova ordem mundial e reformas na ONU
29 Março 2012

Presidente da França, Emmanuel Macron: “Esta viagem poderá fundar uma nova ordem mundial”
13 Janeiro 2018

Líderes pedem nova ordem mundial
Líderes mundiais conclamaram ontem o presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, a ajudar na construção de uma nova ordem mundial.
http://www.gazetadopovo.com.br/mundo/lideres-pedem-nova-ordem-mundial-b9iob8r6plqunaikcahjdwd3i



Entretanto, a Cúpula do Governo Mundial já está acontecendo no Dubai, desde 2013 com +4.000 PARTICIPANTES


:: Líderes de governos
:: Presidentes de bancos centrais
:: Atores de Hollywood
:: Políticos
:: Corporativistas
:: Cientistas
:: Visionários
:: Xeques do petróleo, etc.



Descrição no site:


"Diálogos para formar o futuro dos governos e vidas dos cidadãos em todo o mundo. 


"A Cúpula do Governo Mundial reúne líderes proeminentes dos setores público e privado, bem como líderes de pensamento internacionais e pioneiros. Eles se envolvem em diálogos inspiradores, provocativos e focados no futuro que visam moldar o futuro dos governos e ajudar a melhorar a vida dos cidadãos em todo o mundo.


"A Cúpula do Governo Mundial de 2017, realizada sob o patrocínio de Sua Alteza O Xeque Mohammed bin Rashid Al Maktoum, Vice-Presidente e Primeiro-Ministro dos Emirados Árabes Unidos, Governante de Dubai, testemunhou mais de 4.000 funcionários e líderes do setor público e privado de mais de 150 países e sete organizações internacionais de renome se reúnem em Dubai para discutir os desafios e oportunidades enfrentados pelo mundo hoje.

"Agora, em sua sexta edição, a Cúpula do Governo Mundial é uma plataforma internacional de intercâmbio de conhecimento na interseção de governo, futurismo, tecnologia e inovação. Todos os anos, funcionários do governo, decisores políticos, líderes de pensamento e pioneiros do setor privado se reúnem para explorar o futuro do governo nas próximas décadas lideradas pelos avanços da humanidade.


"A Cimeira é uma oportunidade para os governos e as organizações mostrarem inovações de ponta, as últimas tendências em melhores práticas e inovadoras soluções inteligentes para provocar discussões e inspirar a criatividade. A edição de 2017 organizou sessões plenárias, workshops, painéis de discussão e muito mais, centrada em temas como a felicidade, as mudanças climáticas, a juventude e os desafios e oportunidades exclusivas de hoje.

"A sexta edição da Cúpula Mundial do Governo (WGS 2018) terminou em Dubai com conversações revigorantes que destacam as mudanças sísmicas e inevitáveis ​​que a inovação trará, e um pedido para que as instituições se realinhem com a Nova Ordem Mundial."

O diplomata brasileiro Roberto Carvalho de Azevêdo, Chefe da OMS - Organização Mundial de Comércio (WTO - World Trade Office, em inglês) faz o encerramento da Cúpula do Governo Mundial 2018 com previsões do futuro

"Oito em cada 10 postos de trabalho perdidos nas economias avançadas estão perdidos para novas tecnologias - não para o comércio ou para imigrantes. O comércio eletrônico é uma realidade. É importante que os 164 países membros se juntem à discussão sobre isso, embora nem todos estejam preparados para tal".

Ele continuou: "Muitos dos e-commerce que vemos hoje são business-to-business. Business-to-consumer muda o mundo completamente. As leis e os regulamentos da defesa do consumidor devem ser pensados, transações transfronteiras, assinaturas digitais, a legalidade dos contratos em toda a fronteira, a legislação aplicável, o retorno da mercadoria - é um mundo lá fora ".

Malcolm Gladwell, jornalista do The New York desde 1996, também fez o encerramento da Cúpula do Governo Mundial: "As expectativas que temos dos governos permanecem em vigor desde há 200 anos. Os desafios enfrentados pelos governos estão mudando no mundo moderno. Mudanças nas expectativas exigem que os governos desenvolvam políticas progressistas que possam acomodar a transição global para uma economia baseada no conhecimento."

Entretanto, na China
O presidente chinês Xi Jinping prometeu liderar a "nova ordem mundial"

O presidente chinês, Xi Jinping, prometeu pela primeira vez que a China deveria assumir a liderança na formação da "nova ordem mundial" e salvaguardar a segurança internacional, um dos últimos movimentos colocando-o em contraste com Donald Trump e o "EUA primeiro" do presidente dos EUA política.

Atualmente, não ter conhecimento de que um Governo Mundial já está instaurado no mundo e define, cada vez melhor, os seus contornos institucionais, é estar enfiando a cabeça-debaixo-da-areia.

Grupo de Bilderberg

Nenhum comentário:

Postar um comentário