quarta-feira, 25 de julho de 2018

Mercosul e Aliança do Pacífico ensaiam acordo: +1 Passo na instauração do Governo Mundial

Para que um Governo Mundial seja instaurado em sua totalidade, é preciso que haja um Sistema Burocrático Único que possibilite a transição de documentos válidos e reconhecidos em qualquer parte do mundo, sem haver a necessidade de criar novos documentos conforme uma pessoa, ou mercadoria, transitem entre continentes e países.

Presidente Michel temer cumprimenta Enrique Peña Nieto, seu homólogo mexicano. 
José Mendéz (EFE)

Para se conseguir criar tal Sistema Burocrático Único, estão sendo seguidos diversos caminhos, como, por ex., a criação do 1° Imposto Mundial sobre as Emissões de Dióxido de Carbono (CO²) - sem grande sucesso até agora - ou a criação de um Sistema Único de Identificação Biométrica.

Mas para conseguir unificar o mundo em termos burocráticos, é preciso haver, também, uma unificação a nível comercial, econômico e fiscal. Para tal, o mundo está sendo dividido em 5 Blocos Comerciais, Políticos e Econômicos - como já mostrei em:

O Governo Mundial dentro da Constituição Brasileira
https://canaldanielsimoes.blogspot.com/2018/07/o-governo-mundial-dentro-da.html

:: União Europeia
:: União Africana
:: União Asiática
:: União Americana (México, EUA e Canadá)
:: União Sul Americana das Nações


Quando estes 5 Blocos Geo-Políticos estiverem perfeitamente funcionando como se fossem uma só nação, então, a união entre eles pode ser concretizada e um Governo Mundial poderá ser decretado.

Atualmente - apesar do Governo Mundial já existir, mas ainda desestruturado em diversos aspetos - ainda caminhamos para a Nova Ordem Mundial - a qual está sendo imposta a ferro-e-fogo.

Chamando os bois pelos nomes, o que está sendo instaurado é um Governo Socialista Global - a República Maçônica Universal - uma vez que o Estado está, em todo o mundo, determinando, controlando e até se apossando da vida privada e profissional de todos os cidadãos. Quando, na seguinte notícia, se fala em "livre comércio", não se revela a profundidade do controle e opressão que o Estado está fazendo à iniciativa privada. Então será livre comércio para quem? Para quem estiver perfeitamente alinhado com o Sistema de Controle Tecnológico Biométrico (SCTB). Este SCTB é o sistema que controlará e já controla todas as outras engrenagens de controle do Governo Mundial.

Mercosul e Aliança do Pacífico ensaiam acordo contra protecionismo de Trump
25 JUL 2018
Os dois blocos aprofundam suas relações econômicas com vistas a um mercado que representa 85% do PIB da região. A América Latina está se aproximando da integração de seus dois principais blocos comerciais. (...) um plano de ação com medidas concretas e prazos que os encaminha para a integração regional e de livre comércio com o Mercosul (Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai). Esse primeiro passo dado pelos oito países em Puerto Vallarta, Jalisco, aponta para a formação de um mercado que concentra 79% da população da América Latina e 85% do PIB da região. “O Mercosul e a Aliança do Pacífico não são sistemas idênticos em seus formatos e conteúdos. Tampouco são incompatíveis ou excludentes. (...) Enviamos ao mundo um sinal claro de que, juntos, promoveremos a integração regional e o livre comércio". (...) O documento assinado nesta terça-feira entre os blocos é um plano de ação que promove o comércio de bens e incentiva as pequenas e médias empresas, além da mobilidade de pessoas. 
https://brasil.elpais.com/brasil/2018/07/24/economia/1532460311_268046.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário