segunda-feira, 13 de agosto de 2018

Glifosato nas vacinas: Provas

Flavia Azevedo, moderadora do grupo de facebook 'O Lado Obscuro das Vacinas', divulgou informações oficiais das pesquisas encomendas pelo 'Samsel Environmental and Public Heath Services' e realizadas pelo 'Microbe Inotech Laboratories, Inc.' sobre a presença Glifosato nas vacinas, as quais foram enviadas para Senadores dos Estados Unidos, para o Congresso e divulgados para o público em geral.

Vídeo da Flavia Azevedo
https://www.facebook.com/flaviauk/videos/10217385636454065/


Monsanto condenada a pagar US$ 289 milhões por danos no julgamento do câncer [causado por] Roundup
11 de agosto de 2018

Microbe Inotech Laboratories, Inc. : Summary Report of Analysis
14 de Março de 2016

Ligação vacina-glifosato exposta por Anthony Samsel
31 de agosto de 2016



Modelo da carta enviada aos Senadores e para o Congresso:




Quando busquei conhecer melhor quais os sintomas que o Glifosato produz no organismo humano, encontrei um documento da Monsanto, no link:

FICHA DE EMERGÊNCIA: Roundup N.A. (Glifosato)

Como não conhecia a credibilidade do link, busquei apenas www.nucleosaudeambiental.com.br e fui imediatamente direcionado para:

ATOM BRASIL - Soluções no Controle de Pragas: Inseticidas - Herbicidas - Rodenticidas - Equipamentos 
http://www.atombrasil.com/


No documento podemos ler o seguinte sobre as reações ao produto:

EPI [Equipamento de Proteção Individual] de uso exclusivo para a equipe de atendimento a emergência: Capacete de boa resistência, macacão impermeável, luvas e botas de PVC, óculos protetores e máscara com filtros.

[Perigos para a] Saúde: 
Ingestão: lesões corrosivas (ulcerativas) das mucosas oral, esofágica, gástrica e, duodenal; disfagia, epigastralgia, náusea/vômitos, cólicas, diarréia. Outros sintomas são hematêmese e melena, hepatite anictérica e pancreatite aguda; hipotensão arterial, choque cardiogênico; hipoxemia, taquipnéia, dispnéia, tosse, broncoespasmo, edema pulmonar não cardiogênico e falência respiratória; pneumonite; oligúria, anúria e hematúria; acidose metabólica, insuficiência renal. As alterações neurológicas, que podem se complicar com convulsões, coma e morte, são atribuídas a hipóxia e/ou hipotensão. 
Pele: dermatite de contato. 
Olhos: irritação, dor, queimação ocular, turvação da visão, conjuntivite e edema palpebral. Inalado: Irritação de vias respiratórias altas, pneumonite química.

Este é um dos venenos com que estão pulverizando a comida do brasileiro. Este é um dos produtos que estão sendo colocados dentro das vacinas.

Os movimentos pró-vacinas insistem que não existem provas do malefício das vacinas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário